O setor elétrico é cheio de termos e expressões que, para quem não entende muito do assunto, pode até parecer confuso. Um exemplo são as expressões matriz elétrica e matriz energética que, apesar de similares, dizem respeito a conceitos distintos. 

No texto de hoje, explicamos a diferença entre as duas expressões e  traremos um panorama sobre a matriz energética brasileira. Não deixe de conferir. 

O que é matriz elétrica?

O termo “matriz elétrica” corresponde ao conjunto de fontes de energia utilizadas exclusivamente para gerar energia elétrica. É a energia responsável por ligar o computador, fazer o chuveiro funcionar, ligar o ventilador e mais. 

O conceito, no entanto, não se limita a isso. Ele também pode ser usado para mensurar a diversidade de fontes usadas na distribuição elétrica de um país e sua dependência com relação às fontes. 

E o que significa matriz energética?

A matriz energética corresponde ao conjunto de fontes que produzem diversas formas de energia. É a combinação de fontes de energia para atender às necessidades de consumo da população de um país. Como movimentar carros e usar fogão à gás. 

Cada país ou estado pode ter uma ou múltiplas fontes disponíveis para suprir a demanda de energia do local. No mundo, as fontes não renováveis- como o carvão mineral, o petróleo e o gás natural- correspondem a 86% de toda a matriz energética. 

Qual é, então, a diferença entre os dois termos?

Apesar do nome parecido, as duas matrizes incluem diferentes fontes, sejam elas renováveis ou não renováveis.

O termo matriz energética é mais amplo, pois se refere às fontes de energia utilizadas para diferentes objetivos, seja para suprir residências, necessidades de transporte e comércio, entre outros. Já a matriz elétrica se refere exclusivamente ao conjunto de fontes usadas somente para gerar energia elétrica, como a energia hidráulica, eólica e biomassa. 

Um panorama sobre a matriz energética brasileira

Em comparação aos demais países do mundo, a matriz energética brasileira é muito mais diversificada.   Brasil também é reconhecido como um dos países com mais recursos naturais renováveis, capaz de atendar à crescente demanda por energia limpa e sustentável.

 Mais de 60% de toda a nossa matriz elétrica é representada pelas hidrelétricas, no entanto, é possível que há um interesse em investir em outras fontes renováveis, demonstrado pelo crescimento das eólicas.

Diversificar a matriz energética é fundamental para os países, pois não somente reduz riscos e custos, mas também promove sustentabilidade ambiental e impulsiona o desenvolvimento tecnológico, o que proporciona benefícios de longo prazo para a economia, segurança e meio ambiente de um país. Além de também ajudar a reduzir a dependência com relação à determinada fonte. 

Compre energia 100% renovável com a Clarke

Agora que você já sabe um pouco mais sobre o assunto, que tal comprar energia 100% renovável no Mercado Livre de Energia com a ajuda da Clarke?

Aproveite e faça já uma simulação para descobrir o quanto você pode economizar na conta de luz da sua empresa com o Mercado Livre de Energia. O desconto pode chegar a 40%! Fale com um especialista do nosso time e saiba mais sobre como podemos te ajudar!

Compartilhe este texto e siga a Clarke no Instagram, LinkedIn e Facebook.