O número de empresas que deram o primeiro passo para migrar para o Mercado Livre de Energia cresceu. É o que diz a base autorizada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) compilada pela Associação Brasileira dos Comercializadores de Energia (Abraceel).

Mais de 16.791 empresas comunicaram à distribuidora que irão migrar para o Mercado Livre de Energia entre 2024 e 2025. Desse total, quase 15878 (94%) são consumidores de menor porte. Ou seja, com demanda menor de 500 kW, beneficiadas pela Portaria 50/2022, que abriu o Mercado Livre para todos os consumidores do grupo A a partir de janeiro de 2024. 

Deseja saber mais sobre o assunto? Então, não deixe de ler o novo texto preparado pelo time da Clarke.

Cresce o número de migrações para o Mercado Livre de Energia

Inicialmente, somente Unidades com um consumo superior à 500 KW poderiam realizar a migração para o Mercado Livre de Energia. Porém, a portaria normativa 50, emitida pelo Ministério de Minas e Energia (MME), permitiu a migração para mais de 165 mil Ucs , independentemente do setor e do volume de demanda contratada.

E os reflexos dessas mudanças já são sentidos. O volume de entrantes em 2024 quadruplicou em relação à média mensal do ano anterior. O ACL já possui aproximadamente 38 mil consumidores, conectados em média e alta tensão. 

Já os consumidores do Grupo B, 90 milhões, seguem sem autorização para escolher o fornecedor de energia elétrica.  Contudo, em entrevista à TV Globo, o Ministro das Minas e Energia, Alexandre Silveira, é esperado que esta parcela consumidora também possa migrar para o ACL até 2030. 

“Nós estamos trabalhando para que a gene possa ampliar a condição da classe média e do pobre, do menos favorecido, entrar no mercado livre. Eu quero acreditar que a gente tem condições de fazer isso até 2030”, declarou Silveira na ocasião.

Por que migrar para o Mercado Livre de Energia é a melhor opção para sua empresa?

Você já tomou um susto ao analisar a conta de luz do seu negócio no mês? No Mercado Cativo, (ACR), a sua empresa fica refém dos preços da distribuidora, das bandeiras tarifárias e não possui qualquer liberdade para negociar as condições de pagamento com a fornecedora. 

Já no ACL, a liberdade em escolher o fornecedor de energia traz vantagens que vão muito além da economia de até 40% na conta de luz. É possível negociar com o fornecedor todas as condições de pagamento, demanda contratada e até mesmo tipo de energia, o que traz maior previsibilidade e segurança na conta

Inicie a migração da sua empresa com a ajuda da Clarke!

Agora que você já sabe um pouco mais sobre o assunto, que tal comprar energia 100% renovável no ACL com a ajuda da Clarke?

Aproveite e faça já uma simulação para descobrir o quanto você pode economizar na conta de luz da sua empresa com o Mercado Livre de Energia. O desconto pode chegar a 40%! Fale com um especialista do nosso time e saiba mais sobre como podemos te ajudar!

Compartilhe este texto e siga a Clarke no Instagram, LinkedIn e Facebook.