Por Luana Mendes, Colunista da Clarke

O aumento na procura por veículos elétricos (VEs) vem causando uma agitação não apenas na indústria automobilística, mas também no mercado livre de energia. Pois a interseção desses dois campos vem criando oportunidades e desafios únicos. De acordo com a Associação Brasileira do Veículo Elétrico (ABVE), foi apurado que em janeiro/2024 houve um aumento de 167% na aquisição de veículos elétricos. Comparado ao mesmo período do ano passado (2023).

Contudo, o aumento na compra dos VEs reflete no aumento da demanda por eletricidade. À medida que mais pessoas adquirem carros elétricos, a demanda por energia para carregá-los aumenta na mesma proporção. Isso cria novas oportunidades para os produtores de energia. Especialmente aqueles atuantes no mercado livre, onde os consumidores podem escolher de quem comprar sua energia elétrica.

No entanto, os consumidores residenciais ainda não podem fazer parte do mercado livre de energia por questões regulatórias e autorizações governamentais, o que faz com que paguem mais caro pela energia no mercado regulado, tendo em vista que o carregamento dos VEs aumenta o consumo residencial. 

Os veículos elétricos e oportunidades de negócio

Apesar disso, os VEs criam oportunidades de negócios para os empreendimentos que estão em média tensão e já podem migrar para o mercado livre de energia. Por exemplo: um shopping que está no mercado livre pode oferecer um sistema de recarga de VEs.

E isso pode gerar uma economia tanto para o shopping, que vai estar no mercado livre negociando os melhores preços, quanto ao consumidor, que além de economizar tempo de carregamento (enquanto ele faz compras o veículo pode ser recarregado), economizaria financeiramente, pois a energia negociada no mercado livre teria um valor menor a ser pago por esse consumidor. 

Essa possibilidade pode ser uma alternativa para diversos empreendimentos, como: padarias, shoppings, condomínios e clubes. A proposta pode ser um diferencial na experiência dos consumidores. Além disso, a possibilidade desses estabelecimentos estarem no ACL  e negociarem energia renovável estimula aos consumidores a criarem uma mentalidade mais sustentável.

Infelizmente, apesar da importância e do estímulo ao aumento do consumo aos veículos elétricos, estes em comparação com os veículos a combustão enfrentam algumas desvantagens que podem prejudicar o crescimento das vendas e até mesmo a substituição total dos veículos a combustão.

Os VEs atualmente ainda apresentam algumas desvantagens em relação aos veículos a combustão. como: tempo consideravelmente maior para execução de recarga; requer infraestrutura elétrica diferenciada do padrão atualmente instalado, sendo utilizadas algumas tomadas de 20A ou 32A (Ampere); possui um maior preço de aquisição e um menor preço de revenda; e são um pouco mais frágeis, principalmente quando se trata de eventuais acidentes envolvendo outros veículos.    

Diante disso, apesar de algumas desvantagens a serem aperfeiçoadas pela indústria e a tecnologia, os carros elétricos estão desempenhando um papel cada vez mais importante no impulsionamento da abertura do  ACL a todos os consumidores. Afinal estão surgindo novas demandas e oportunidades que também contribuem para a adoção de energias renováveis e um meio ambiente mais sustentável.

Compre energia 100% renovável com a Clarke

Agora que você já sabe um pouco mais sobre o assunto, que tal comprar energia 100% renovável no Mercado Livre de Energia com a ajuda da Clarke?

Aproveite e faça já uma simulação para descobrir o quanto você pode economizar na conta de luz da sua empresa com o Mercado Livre de Energia. O desconto pode chegar a 40%! Fale com um especialista do nosso time e saiba mais sobre como podemos te ajudar!

Compartilhe este texto e siga a Clarke no Instagram, LinkedIn e Facebook.