É fato que o aquecimento global tem afetado o mundo inteiro. Um estudo internacional publicado em março de 2024 mostrou que Salvador, capital da Bahia, está entre as cidades brasileiras mais afetadas pelo aumento da temperatura. Para se ter uma ideia, a cidade teve o quinto maior aumento de temperatura em todo o Brasil. 

A cidade teve um aumento de 0,83ºC somente no mês de fevereiro. E, como já era de se esperar, essa intensificação do calor resultou em um aumento no uso de aparelhos de ventilação e, consequentemente, no valor da conta de luz.

Deseja saber mais sobre o assunto? Então, não deixe de ler o novo texto produzido pelo time da Clarke!

Abafamento, uso intenso do Ar-condicionado e conta de luz mais cara na Bahia

Para muitas famílias e empreendimentos, o ar-condicionado e ventiladores deixaram de ser artigos de luxo e se tornaram essenciais. No verão, a sensação térmica na cidade passou dos 40°C. Por causa dessa sensação de abafamento, o uso intenso desses aparelhos resultou em um aumento de 170% na conta de luz dos baianos, segundo dados do jornal Correio da Bahia. 

No entanto, o uso do ar-condicionado pode impactar bastante no valor pago na conta de luz. Ele tem um consumo de energia bastante parecido com o chuveiro elétrico. Mas, tende a ficar ligado por muito mais tempo. 

O ar-condicionado consome tanta energia assim?

Um aparelho de ar-condicionado de 12 mil BTU, consome , em média, 25 kWh/mês para ficar ligado apenas uma hora por dia. Fazendo uma comparação, aparelho ligado em média 4 horas por dia, consome 63% do total de um mês.

Uma sugestão para evitar que o aparelho seja um “vilão” na conta de luz é fazer manutenções constantes e avaliar se há vazamentos, além de manter portas e janelas fechadas durante o uso. 

Como potencializar a economia na conta de luz?

No Brasil, existem duas maneiras de se comprar energia elétrica, no Ambiente de Contratação Regulada (ACR), e no Ambiente de Contratação Livre (ACL), também conhecido como Mercado Livre de Energia. No ACR, o consumidor é obrigado a comprar energia diretamente das distribuidoras e está sujeito às bandeiras tarifárias.

Já os consumidores do Grupo A possuem a possibilidade de migrar para o Mercado Livre de Energia. Neste ambiente virtual de contratação elétrica, é possível escolher o fornecedor e negociar com ele todas as condições de pagamento e fornecimento, o que pode gerar uma economia de até 40% na conta de luz e maior previsibilidade da despesa. 

Economize na conta de luz com a ajuda da Clarke

Agora que você sabe mais sobre o assunto, que tal economizar até 40% na conta de luz com a ajuda da Clarke?

Aproveite e faça já uma simulação para descobrir o quanto você pode economizar na conta de luz da sua empresa com o Mercado Livre de Energia. O desconto pode chegar a 40%! Fale com um especialista do nosso time e saiba mais sobre como podemos te ajudar!

Compartilhe este texto e siga a Clarke no Instagram, LinkedIn e Facebook.