O Operador Nacional do Sistema (ONS) deve aproveitar ao máximo a geração no submercado norte para poupar os reservatórios do sul e sudeste/Centro-Oeste. Isso acontece após uma recuperação dos reservatórios da região, que voltam a contribuir com a exportação para o Sistema Interligado Nacional (SIN) no final de janeiro. 

Apesar da recuperação, o Operador Confirmou as recomendações ao Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE) para monitoramento da taxa de replecionamento dos reservatórios da bacia do Paraná. 

E também de uma eventual flexibilização das defluências mínimas das hidrelétricas Porto de Primavera e Jupiá em março deste ano. A decisão ocorreu durante a primeira reunião do Programa Mensal da Operação (PMO) de março, que aconteceu no dia 22 de fevereiro (quinta-feira).

Deseja saber mais sobre o assunto? Então, não deixe de ler o novo texto do time da Clarke!

Antes de tudo: o que são submercados de energia?

O Sistema Interligado Nacional (SIN) corresponde ao conjunto de instalações e equipamentos conectados eletricamente para garantir o suprimento de energia no Brasil. Dessa forma, os submercados de energia são as divisões do SIN responsáveis pela distribuição e transmissão da energia elétrica.

Esses submercados são essenciais para a integração do sistema e otimizam o fornecimento de energia em um país tão extenso como o Brasil. As fronteiras desses submercados são definidas a partir de restrições elétricas, que limitam a instalação de equipamentos. 

Confira abaixo as subdivisões:

  • Sudeste/Centro-Oeste: Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Acre e Rondônia.
  • Sul: Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.
  • Nordeste: Bahia, Sergipe, Alagoas, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, Piauí e Ceará.
  • Norte: Maranhão, Tocantins, Pará, Amapá e Amazonas.

Atualmente, Roraima não faz parte de nenhum submercado. 

A importância das hidrelétricas no setor energético brasileiro

O Brasil apresenta um gigantesco potencial hidrelétrico. Para se ter uma ideia, quase 70% de toda a energia produzida pelo país em 2021 veio dessas barragens. Fatores como a grande extensão territorial, existência de grandes rios, mudanças de altitude e altos níveis de precipitação são alguns elementos que explicam o domínio das hidrelétricas na produção de energia no Brasil. 

É importante destacar, porém, que a geração de energia nas hidrelétricas é influenciada pelas chuvas. Afinal, quando a temporada de chuvas não é suficiente, o abastecimento dos reservatórios de água é prejudicado, e é preciso recorrer a outras fontes de energia, como as usinas térmicas.

Compre energia 100% renovável com a Clarke

Agora que você já sabe um pouco mais sobre o assunto, que tal comprar energia 100% renovável no Mercado Livre de Energia com a ajuda da Clarke?

Aproveite e faça já uma simulação para descobrir o quanto você pode economizar na conta de luz da sua empresa com o Mercado Livre de Energia. O desconto pode chegar a 40%! Fale com um especialista do nosso time e saiba mais sobre como podemos te ajudar!

Compartilhe este texto e siga a Clarke no Instagram, LinkedIn e Facebook.