O Mercado Livre de Energia pode oferecer inúmeras vantagens às empresas do Grupo A. Diferentemente do Ambiente de Contratação Regulada, o consumidor tem liberdade de negociar as melhores condições de compra e venda de energia diretamente com o fornecedor. 

Como existe uma ampla concorrência, os fornecedores literalmente competem pela energia do consumidor, o que gera uma economia de até 40% na conta. Para reduzir ainda mais os custos, é possível realizar ainda  operações SWAP de energia, uma operação de troca de energia entre agentes do mercado.

Existem diferentes tipos de SWAP que podem beneficiar muito o consumidor livre. Mas, quais são eles? E quando realizar? Entenda mais sobre o assunto no texto de hoje que o time da Clarke preparou para você!

Antes de tudo, o que é SWAP de energia?

O termo “SWAP” é um velho conhecido do Mercado Financeiro. Ele se refere à uma operação em que há troca de rentabilidade e risco entre duas partes. No ACL, se trata de uma modalidade de negociação que permite aos agentes a troca entre si de contratos de energia, adequando suas necessidades e oportunidades.

O SWAP geralmente é usado para para gerenciar riscos ou alcançar benefícios de preços, despesas ou taxas, envolvendo a troca de um tipo de produto por outro. 

Para te ajudar com exemplos, imagine uma situação onde um fornecedor tem interesse em trocar um contrato para entrega em 2024 para outro com entrega prevista para 2026. Essa troca é feita com base em uma “vantagem” que equivale à diferença dos preços dos contratos em cada período acordado.

Quais são as vantagens de realizar a SWAP?

O swap de energia é uma grande chance para empresas que desejam um caminho inteligente e otimizado para melhor aproveitar as oportunidades.

  • Essas operações potencializam a economia no Mercado Livre, pois aumentam sua competitividade diante das oportunidades. 
  • Além disso, oferecem maior previsibilidade nos custos de energia.
  • Por permitir que a empresa ajuste as suas necessidades de fluxo de caixa, evitam a procura por empréstimos em bancos.

Tipos de SWAP de energia

Existem diferentes tipos de SWAP no ACL: de submercado, fluxo de caixa e de fonte energética. Entenda nos tópicos abaixo como cada um funciona. 

– Swap de submercado

Os submercados de energia são divisões do Sistema Interligado Nacional (SIN) que otimizam o fornecimento de energia e são essenciais para a integração. É através deles, por exemplo, que a energia produzida em uma região consegue transitar para outra.

Nesse tipo de operação, a troca de energia ocorre entre usinas de geração pertencentes a diferentes regiões e consumidores, interligados pelo SIN. Como os supermercados podem ter cotações de preço de energia variáveis, a oportunidade de redução de custos ocorre. 

  • SWAP de fluxo de caixa

Na maioria dos casos, envolve um commodity como energia, petróleo e grãos. Acontece, por exemplo, quando um consumidor tem interesse em reduzir as despesas no curto prazo, pagando mais caro por esse commodity em um período futuro. 

Nesse acordo, as partes concordam em trocar o fluxo de pagamentos ao longo do tempo, com ajustes nos preços. A redução do valor em um primeiro momento é compensada com preços mais altos em uma segunda oportunidade. 

– SWAP de fonte de Energia

Pode ser feita tanto por consumidores livres quanto especiais. No entanto, o consumidor especial só pode consumir fontes de energia incentivadas e realizar a troca somente com esse tipo de fonte. 

Essa operação ocorre quando o consumidor negocia diretamente com o fornecedor para alterar a fonte de energia. Em situações onde o fornecedor não tiver outras opções de fonte, se envolve outro fornecedor para o contrato de troca. Uma dica para realizar essa operação com sucesso é estar sempre de olho na TSUD.

“Aqui na Clarke, só trabalhamos com fontes renováveis somos experts nessa troca de energia em operações SWAP para empresas que desejam se tornar cada vez mais sustentáveis. Conseguimos trocar, por exemplo, uma energia 50% incentivada por 100% incentivada, potencializando os descontos para nossos clientes”, declara Vitor Lemos, gestor de Clientes da Clarke Energia. 

São mais de 50 fornecedores disponíveis no Marketplace da Clarke. O nosso time de especialistas faz uma análise detalhada das propostas feitas para a sua empresa, e indicamos aquelas que oferecem um maior custo-benefício. Isso permite que o seu negócio consiga alinhar economia na conta com desenvolvimento sustentável.

Compre energia 100% renovável com a Clarke!

Agora que você já sabe mais sobre o assunto, que tal investir em fontes renováveis de energia com a ajuda da Clarke? Damos o suporte necessário no processo de migração, gestão e cotação de energia. 

Aproveite e faça já uma simulação para descobrir o quanto você pode economizar na conta de luz da sua empresa com o Mercado Livre de Energia. O desconto pode chegar a 40%! Fale com um especialista e saiba mais.

 

Compartilhe este texto e siga a Clarke no Instagram, LinkedIn e Facebook.