Apesar de todos os desafios, o futuro é livre e sustentável. O Brasil bateu recorde na geração de energia limpa em 2023.  Um estudo da Câmara de Comercialização Elétrica (CCEE) aponta que o Brasil gerou cerca de 70.206 megawatts de energia proveniente de fontes renováveis. 

As usinas hidrelétricas, eólicas, solares e de biomassa representam um volume de 93,1% de toda a eleticidade em 2023. Se trata de um recorde histórico. 

Nesse total, merece destaque as usinas eólicas. Pois, elas responderam por quase 50% dessa potência instalada. Ao todo, foram 140 novos parques, com 4,9 GW de capacidade. Tal valor equivale a 47,65% do total da expansão.

Deseja saber mais sobre o assunto? Então, não deixe de ler este texto que o time da Clarke preparou para você!

Futuro sustentável: recorde em geração de energia renovável

No total, foram gerados 70,2 mil megawatts médios (MWm) no ano passado, por meio de usinas hidrelétricas, eólicas, solares e de biomassa. Esse valor equivale a 93,1% de toda a energia gerada no Brasil. 

Para a CCEE, o resultado pode ser explicado pelo cenário climatológico favorável, e pela entrada de novas usinas no Sistema Interligado Nacional.  As hidrelétricas, responsáveis por cerca de 58% da capacidade instalada da matriz energética brasileira, geraram quase 50 mil megawatts médios para o Sistema Interligado Nacional (SIN). O valor representa um crescimento de 1,2% se comparado a 2022. 

Os dados da CCEE ainda apontam que as usinas encerraram 2023 com os reservatórios cheios e confortáveis para as secas de 2023. Além disso, o crescimento de fontes de energia como  eólica e a solar serviram como complemento para a matriz energética. 

Já a geração de energia a partir da biomassa, principalmente a partir do bagaço da cana-de-açúcar, foi de 3,2 MWm. Esse valor representa um salto de 9,6% em relação ao ano anterior.

Abertura do Mercado Livre e perspectivas para a energia renovável

Diferentemente do que ocorre no Ambiente de Contratação Regulada (ACR), o consumidor do ACL tem a liberdade de negociar diretamente com o fornecedor de energia todas as condições de compra, incluindo preço, forma de pagamento, demanda contratada, e até tipo de energia. Essa transparência e liberdade na negociação, bem como a concorrência estimulada, pode gerar uma economia de até 40% na conta de energia. 

Desde o dia 1 de janeiro de 2024, o Mercado Livre de Energia está aberto para todos os consumidores do grupo A. Tal mudança é favorável para o crescimento das fontes renováveis e construção de um futuro cada vez mais sustentável.

“Nos próximos anos, a abertura do mercado livre de energia para toda a alta tensão, já operacionalizada desde janeiro, deve impulsionar ainda mais a demanda por energias renováveis”, afirmou em nota enviada ao G1 o presidente do Conselho de Administração da CCEE, Alexandre Ramos.

Concilie economia na conta e desenvolvimento sustentável com a Clarke

Agora que você já sabe um pouco mais sobre o assunto, que tal comprar energia 100% renovável no ACL com a ajuda da Clarke? Somos uma Energytech do Mercado Livre de Energia, que oferece a sua empresa todo suporte para a sua empresa migrar, realizar cotação com fornecedores, e ainda providenciamos a gestão elétrica de sua empresa.

Aproveite e faça já uma simulação para descobrir o quanto você pode economizar na conta de luz da sua empresa com o Mercado Livre de Energia. O desconto pode chegar a 40%! Fale com um especialista do nosso time e saiba mais sobre como podemos te ajudar!Compartilhe este texto e siga a Clarke no Instagram, LinkedIn e Facebook.